Google+ Badge

quinta-feira, 29 de junho de 2017

A Bufa do Salvador

Fato de gala para os concertos do Salvador


Caro Salvador,

Acredito que vais passar a conter a tua flatulência verbal.
Mas agora sobre a tua bufa. É que eu respeito o meu público, não me saio peidando assim…
 Se quiseste ter humor, não tiveste. Se quiseste fazer uma crítica, penso que foi no lugar errado, na hora errada, com o sentimento errado. Se quiseste alertar o público para a tua obra, coloca-a cá fora. Acredito que a tenhas, mas deve ser ainda curtinha.

Vou ajudar-te a ser, pelo menos, mais polido. Sei que um artista, e tu és um, pode fazer quase tudo o que lhe dá na peida (era para escrever na telha). Parece-me, cá de longe, que tinhas uns 9.667.278 portugueses a gostarem de ti (ou pelo menos indiferentes –há quem seja indiferente a tudo, mesmo às bufas dos outros). Os 376.578  portuguese  são aqueles que dizem mal de tudo. Dizem mal da mãe, do pai, da cerveja gelada…parece que as bufas deles, mesmo as da vida, em vez de saírem pelo anal, saem pela boca ou pelo Facebook. O que me deixa preocupado é que este número parece estar a aumentar.

Segue um pequeno glossário. Espero que te seja útil. Bufa-o à vontade
1.                  flato, flatulência, flatuosidade, gás, ventosidade
2.                  bufa, traque
3.                  pum, traque, ventosidade

 

Para divertimento de todos e um bem haja a ti, oh Salvador 

 
Salvador, quando te bufares, bufa-te com os teus, na tua privacidade.
 
 
 
 

 
Enviar um comentário